Filas para almoço fazem perder aulas. Alunos queixam-se.

Por Bruno Vicente
Diário de Coimbra

Cantinas sociais têm muita procura e poucos recursos humanos,principalmente no Pólo II, onde as filas são enormes. Responsáveis ponderam reajustar horários das aulas, para deixar maior margem aos alunos.

Os estudantes da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Coimbra (FCTUC) realizaram ontem uma acção de protesto onde alertaram para a falta de tempo que têm para almoçar, o que está a prejudicar os alunos do ponto de vista pedagógico. «No Pólo II só há uma cantina social, destinada a quase quatro mil estudantes mas que só pode receber cerca de 200, o que é manifestamente pouco. Só temos uma hora para comer e passamos 45 minutos à espera na fila, que é sempre enorme», explicou Henrique Paranhos, aluno de Engenharia Civil com 23 anos.

«Assim é impossível comer de forma decente. Temos que optar entre almoçar ou ir à primeira aula da tarde», acrescentou Joana Dourado, 21 anos, também estudante de Engenharia Civil. A aluna garante que, muitas vezes, os estudantes «chegam atrasados ou faltam mesmo às aulas», não por capricho, mas porque «precisam de alimentar-se».

As filas nas cantinas sociais do Pólo II chegam a ter mais de cem alunos à espera, como o Diário de Coimbra pôde constatar durante a acção de protesto de ontem.

Os estudantes, que lamentam que o preço da refeição social esteja «constantemente a subir», recordaram que o Processo de Bolonha obriga a «horários mais sobrecarregados», onde os alunos ficam sem margem de manobra para alimentarem-se convenientemente e recuperarem para «uma tarde inteira de aulas».

Se quiserem almoçar sem faltar às aulas a solução passa por «abrir os cordões à bolsa», um luxo a que muitos estudantes não se podem entregar. «A única alternativa é comermos sandes noutra cantina, ir ao Continente ou comer num bar da faculdade, onde são praticados preços de restaurante», lamenta Joana Dourado.

As cantinas sociais do Pólo II já funcionaram com dois balcões de atendimento em simultâneo, o que reduzia o tempo de espera, mas um dos balcões teve que ser encerrado devido à falta de meios económicos.

Na acção de ontem, os estudantes direccionaram “as culpas” para o Governo. «Não culpamos os Serviços de Acção Social da Universidade de Coimbra (SASUC), sabemos que o doutor Jorge Gouveia Monteiro faz o que pode. A culpa é da falta de financiamento do Governo para o ensino superior e para a Acção Social Escolar», explicou a aluna de Engenharia Civil.

Os estudantes aproveitaram a iniciativa de ontem para mobilizar os companheiros para a manifestação nacional de Lisboa, agendada para 24 de Março, onde os alunos vão voltar a reivindicar um melhor financiamento e apoio social por parte do Governo.

Solução só no próximo ano lectivo

O administrador dos SASUC, Jorge Gouveia Monteiro, admitiu que os alunos «souberam identificar bem a origem do problema», ou seja, a «falta de financiamento do Governo».

«Temos poucos recursos humanos, precisamos de recrutar mais pessoal, mas é complicado com o subfinanciamento estatal», admitiu Gouveia Monteiro. No entanto, o administrador revelou que em breve «vão ter que ser abertos concursos para aquisição de mais recursos humanos», até porque «neste momento há muitos funcionários públicos dos SASUC a meter antecipadamente os papéis para a aposentação». «Estou a perder recursos humanos em vez de ganhar», concluiu Jorge Gouveia Monteiro.

Segundo o responsável há outra solução para o problema dos alunos faltarem às aulas do início da tarde por falta de tempo para comer. «Os estudantes têm todos a mesma hora de almoço, sendo a procura muito concentrada entre as 12h40 e as 13h30. Estou a dialogar com os directores das Faculdades para ver se é possível mexer nos horários das aulas que estão próximas da hora de almoço, de modo à procura não se concentrar tanto num período reduzido de tempo», explicou o administrador dos SASUC.

Porém os estudantes vão ter que esperar até Setembro para ver o problema resolvido, uma vez que «o mapa de horários não é alterável até ao fim do ano lectivo».

Contactado pelo Diário de Coimbra, o director da FCTUC, João Gabriel Silva, considera a ideia «interessante» e «merecedora de ser explorada».

«É algo que, de facto, podemos conversar, pois creio que existe alguma flexibilidade para avançar com a ideia. É possível mexermos nos horários para as aulas não acabarem todas à mesma hora, espalhando mais os cursos, possibilitando assim uma melhor utilização das cantinas», concluiu o responsável máximo da FCTUC.

Escassez de professores preocupa alunos da FCTUC

A falta de condições apresentada pela cantina social do Pólo II (ver texto principal) não é a única preocupação dos estudantes da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Coimbra. A escassez de docentes é outro assunto mencionado pelos alunos. «Nalguns departamentos a falta de professores é notória. Muitas vezes temos turmas de 50 alunos em aulas técnico-práticas, o que não ajuda à avaliação contínua. Chegamos mesmo a ter cadeiras com dois professores para 300 alunos», afiançou Joana Dourado, estudante de Engenharia Civil, durante a acção de sensibilização de ontem.

O director da FCTUC, João Gabriel Silva, admitiu que a Faculdade «não está naturalmente à larga», até porque «os últimos anos têm sido de contracção financeira». «Não é possível evitar algumas dificuldades em relação ao número de docentes, mas isso não é a regra, não acontece na maioria dos cursos», concluiu.

Os estudantes queixam-se ainda do reduzido horário de atendimento dos Serviços Académicos e da falta de apoio para comprar o material necessário para os cursos tecnológicos que frequentam.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: