Universidades estão a ajudar os alunos para travar desistências

28/01/11 Diário Económico
Por Ana Petronilho

Há alunos a desistir de estudar. Faculdades criam gabinetes de emergência.

As universidades e os institutos politécnicos criaram gabinetes e serviços de apoio de emergência para ajudar os alunos que estão em situação limite de esforço financeiro a manterem-se nos cursos. Em causa está o atraso de cinco meses no pagamento das bolsas de estudo e a percentagem de exclusão dos candidatos deste apoio social – na ordem dos 30% em cada instituição de ensino superior – que está mesmo a levar alguns alunos a desistirem da universidade. É o caso de um estudante da Universidade do Minho, que preferiu não ser identificado. O aluno, que frequentava o 3º ano da licenciatura de Engenharia de Gestão Industrial, foi ontem excluído do sistema de bolsas e acabou por desistir de frequentar a universidade.

“Contava com o apoio da família para pagar as propinas mas como a minha mãe ficou de baixa, tentei candidatar-me à bolsa, pela primeira vez, e a colabora que presto na secretaria da universidade e de ter um trabalho em ‘part-time’, não é suficiente para pagar as propinas e é impossível continuar a estudar”, lamentou em declarações ao Diário Económico.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: