Comentários sobre o Projecto e as sessões

Escola Secundária de Valbom

A peça está muito bem fundamentada porque a realidade é esta mesma. O projecto é muito interessante e aliciante.
Filipa Ferreira

A peça foi interesante e possibilita aos espectadores mudar qualquer acontecimento no futuro, ou seja, em ocurrencias como a peça relata.
Ricardo Ribeiro

Foi interessante! É realmente o que se está a passar na nossa sociedade.
Anónimo

ADOREI.
Ana Santos
Barbara Pereira
Juliana Gonçalves

A peça está bem construída, pois transmite de uma boa forma a ideia da peça.
Ana Oliveira

Com esta peça dão a conhecer a mísera situação em que muitos estudantes se encontram e fazem-nos pensar.
Ana Fula

Peça com grande valor educativo e opinativo bem como esclarecimentos necessários.
Catarina Aleixo
Carla Ferreira

A peça levanta problemas pertinentes sobre a actualidade de forma aos espectadores poderem sugerir soluções aos problemas.
Foi interessante e penso que deviam continuar a fazer este trabalho.
Anónimo

Acho que a peça é bastante interessante e relata perfeitamente o que se passa na realidade. É importante a intrevensão do público porque apresentam diferentes pontos de vista e diferentes soluções para contornar este problema.
Inês Santos

Deviam falar mais alto.
Andreia Ferreira

O projecto é interessante na medida em que esclarece os alunos na forma de lidar com os problemas que surgem no ensino superior.
Soraia Soares

Acho a peça foi interesante e acho que concegue abrir os olhos a muita gente. Acho que concegue esclarecer as nossas duvidas e tem situações humuristicas que prendem a atenção do público.
Daniela Nevo

A intereção com o público foi boa. Boas informações necessarias para o futuro.
Soraia Cunha

Foi uma peça boa, porque nunca tive conhecimento dos alunos da faculdade e ajudam a compreender, e que mesmo os alunos do secundario podem ajudar os alunos da faculdade como ao contrario.
Maria dos Santos

Gostei bastante.
Lucia Gonçalves

Muito interesante.
Serve para mudanças de atitudes e é eficaz nessa tarefa.
Susana Vieira

Projecto anterior (2009/2010)

Não sei o que esta peça pode fazer sentir às outra pessoas. A mim, faz-me acreditar que se vai conseguir mudar o direito à Educação.
Este teatro faz-me acreditar que, pelo menos, todas as pessoas que o viram vão querer mudar esta situação e estão dispostas a lutar por isso!
Catarina C.

É importante que haja iniciativas deste tipo. Eu saio daqui hoje a pensar: “A R.G.A. afinal aconteceu hoje”. É preciso falar primeiro e realçar estes assuntos. É preciso tomar conhecimento e consciência e não ficarmos por aí! É necessário tomar consciência, formar um movimento de pessoas/estudantes com as mesmas ideias e levar a nossa voz lá fora. Sugestões de mudança legislativa foram faladas algumas hoje mas nenhuma funciona sem aderência. É óptimo estimular as escolas por onde vocês passam, e no fundo termos discutido as coisas a nível de escola e vocês estão a juntar as opiniões e a mobilizar as escolas todas. O vosso trabalho é unificador e é uma boa “sacudidura” para ver se acordamos para a vida.
Augusto Pereira

Uma boa forma de mexer consciências. Para além do debate, parte para a prespectiva das leis… Movimenta as pessoas!
Anabela S.

Muito bom! Apresentem isto nas faculdades e Universidades!

Carla F.

As minhas sinceras felicitações por discutirem estas questões e as tentarem colocar na ordem do dia. Consegui perceber bem a vossa paixão, orgulho e idealismo e fiquei muito sensibilizado por isso. A minha única recomendação seria, talvez, não cairem tanto na caricatura quando apresentam os “argumentos contrários”. Falo no amigo “neo-liberal” que, embora passe por tipo bonacheirão e relaxado, de facto representa um tipo de sistema muito mais complexo e intencional, do que aquilo podem dar a entender. Até por isso, é mais perigoso para o bem-estar social.

Ficam então estas ideias! Tenho a certeza que estão a receber muitas mais, e que vão produzir um resultado interessante e incisivo. Os meus parabéns… Muitas felicidades e continuação de bom trabalho!

Frederico

Projecto interessante e essencial, pelo que deve ser expandido o mais possível!
Laura C.

Surpreendeu imenso pela positiva. Esperava algo mais teatral, mas acabou por ser o ideal e saio contente por ter participado. Penso que estão todos de parabéns e obrigada pela oportunidade de ver, ouvir, e participar neste projecto.
Rosana V.

Infelizmente, neste momento, estou algo desinspirado para me expressar no papel o quanto eu concordo e valorizo este tipo de iniciativas que buscam uma interacção entre público e actores, através de uma expressão artística. Com isto apenas quero expressar que, através deste momento, se criou um ambiente de consciencialização, reflexão, debate,… entre todos os presentes tendo em vista uma solução prática para a questão. Um bem haja e continuem o bom trabalho, obrigada!!
P.S.: Talvez, hoje, muitos dos meus colegas reflectiram, pela primeira vez, acerca da sua realidade, direitos, deveres, e do que é que verdadeiramente desejam para o futuro do sistema de ensino superior português ser melhor: público dando igual oportunidade a todos os cidadãos (independentemente das suas condições económico-sociais), ou um sistema mercantilista, em que quem tem dinheiro tem acesso à educação superior?!
Jorge M.

O tema é bastante pertinente e toca a quase todos (estudantes); eu, pelo menos, revejo-me nele. Bem representado!
Carlos S.

Acho que é um bom tema, infelizmente realista… Boas personagens.
Mara A.

A peça foi muito boa e consegui relacionar-me com as personagens, dado que me vi obrigado a contrair um empréstimo para me manter a estudar. É importante ter este tipo de iniciativas e poderá até mesmo servir para “abrir os olhos” a muito estudante. Os meus parabéns.
Daniel D.

É uma peça bastante apelativa, que chamou, pelo menos a mim, a atenção sobre um problema que por acaso não é o meu, mas como membro da sociedade penso que seja um problema nosso. Penso que, na peça, falta um pouco de balanceamento dos problemas. Introduzir um personagem assertivo que mostre não só os contras e os prós, mas os dois lados.
Robson C.

Achei que é um bom tema e que todos os estudantes se identificam com ele.
Alexandra P.

Esta peça tem muitos aspectos positivos, porque apela à atenção dos estudantes a problemas que afectam muitos de nós.
É muito realista, mas também estava um pouco dramatizado, mas é normal, porque tem que apelar à atenção dos que podem mudar isto, como a associação de estudantes.
Devia haver maior divulgação.
Fabiana J.

O facto de porem as pessoas a participar fez com que elas se desinibissem e quisessem colaborar no projecto, dar opinião e discutir algo que é importante. O diálogo é o caminho, sem dúvida.
Foi interessante o projecto e revelou-se mais produtivo do que parecia ser à partida. Falhou uma maior divulgação para, assim, abranger uma maior plateia e levar a discussão mais longe.
Foi animado.
Rosa A.

Acho que é muito importante este tipo de performance pois interagem com o público, ouvir e saber ouvir. Penso que a união faz a força, e a recolha máxima de todas as ideias e informação para argumentar os nossos problemas. A situação das bolsas é um tema muito importante, pois no meu caso eu ando a tentar ter bolsa hà quase 2 anos. O problema das burocracias é crucial. Acho que é uma boa discussão, assim como o assunto das propinas. Obrigado pela vossa performance.
Elisabete P

É importante saber o que há a mudar e perceber que lutas há a travar mas sempre com soluções aos problemas encontrados.
Micael Nunes

Acho importante sobretudo a estimulação que proporcionam aos alunos, pois o que não pode acontecer é uma atitude comodista e passiva e por parte dos estudantes. Penso que o carácter informal da peça e dos actores deixa o público instantaneamente envolvido na acção e apto, convidado a participar e opinar.
Miguel Ângelo Silva

Em relação ao projecto acho que sim, que vale a pena que a persistência exista para que a evolução aconteça. Mas a verdade é que há um erro de denominação quando chamava a isto peça de teatro. É uma forma de abordagem sim, mas não teatro. Foi uma forma criativa de demonstrar e criar o despertar dos espectadores, para que de facto algo seja efectivamente feito/accionado e não apenas dito ou escrito. Agradeço estes quartos de hora.
Eneida Cunha Gomes

Não devíamos de em pleno século XXI a falar e a fazer reuniões e teatros para resolver o que já deveria estar resolvido há 36 anos.
Maria Isabel

Comentários ESE

Achei muito interessante, especialmente a última parte em que, a dada altura, alguém diz que já tinha participado noutras sessões do projecto e que nessa sessões os acontecimentos são muito diferentes,
A ideia da existência de propinas está muito intrincada no saber comum das pessoas e, hoje em dia, praticamente ninguém se queixa ou faz alguma coisa para mudar isso. As propinas limitam o acesso ao Ensino Superior a apenas algumas pessoas.
A peça de teatro foi interessante e muito agradável. Parabéns.
Joana M.

Gostei muito mas talvez o facto de ter participado e ter sentido que a minha opinião era partilhada por todos tenha influenciado.
Penso que devem continuar e contem comigo!
Liliana T.

Parabéns por estarem sensíveis aos problemas estudantis!
A postura dos actores foi excelente e a mediação também.
A ideia de se deslocarem aos politécnicos e “abrir os olhos”, “dar voz” aos estudantes é, de facto, muito bom. Assim, é um bom passo para começar a mudar este problema.
Júlia G.

O Teatro do Oprimido é, sem dúvida, uma ferramenta poderosa para fazer reflectir, e busca algo muito precioso, que é a participação global, mais enriquecedora no planeamento de acção.
No entanto, deveria ser seguido de algo mais comprometido e envolvente.
Gostei bastante desta sessão, deste momento partilhado. Era bom que este problema se estendesse a outros públicos.
Sara A.

Muito, muito meritório todo o esforço empregue nesta peça e neste projecto. Quer como espaço de reflexão, quer como espaço de mobilização e estímulo à participação.
André A.

Um bem haja pelo comprometimento activo enquanto cidadãos.
E parabéns pelo usos do T.O. para consciencializar e promover mudanças, mesmo que não sejam instantâneas.
Continuem!
Mariana J.

Parabéns!!! Continuem..
Fernando M.

Achei o projecto muito interessante e utilitário, uma vez que mostra a realidade, realidade esta pela qual passamos e só nos deparamos pela gravidade dos acontecimentos quando nos são mostrados, tal como foi hoje.
Peça que nos faz pensar nos direitos que temos e não usufruímos por falta de conhecimento.
Continuem com este projecto.
Cármen F.

Sobre o projecto, acho muito interessante e motivador.
Deveria ser feito muito mais sessões do género, que para alertar para os problemas existentes, quer para se tomar consciência dos problemas vividos pelos outros.
Desde já, os meus parabéns.
Paula R.

Esta abordagem é uma forma muito efizaz de consciencialização, de participação e de reflexão.
Parabéns pela iniciativa e muito sucesso. Que não se reverta apenas em aplausos, mas em mudanças concretas!
Sara B.

Sugiro que este projecto continue e faça uso das discussões (novos temas para novas peças de teatro) e se algum dia acabar que seja por os problemas neste país terem acabado.
Tiago R.

Só há liberdade a sério quando houver: “A paz, o pão, habitação, saúde, educação!”
Continuem o bom trabalho.
Ricardo N.

Excelente!!!
Continuem o bom trabalho.
Miguel B.

A peça e o projecto estão fantásticos. Fiquei contente por finalmente alguém se ter lembrado de tomar uma atitude neste Portugal que está dormente, completamente adormecido, onde as pessoas não lutam pelos seus direitos e cada vez mais somos calcados pelo governo. É muito importante que continuem com este projecto, para que alguma “poeira” se levante, e aconteça a REVOLUÇÃO!
Rita C.

Comentários ISCAP

Muito útil para reflectir os problemas com que nos deparamos.
Marisa C.

É uma actividade bastante apelativa e inovadora o facto de um deputado aparecer pessoalmente e até participar na peça – revela atenção e preocupação com os alunos.
Aqui está uma ideia bastante liberal e que deve continuar; com certeza vai captar e mudar a mente de muita gente.
Actividades como esta são sempre bem-vindas!
Crítica construtiva: insistam na peça em mais instituições e novos casos.
Rui C.

Os meus parabéns pela iniciativa, é com iniciativas deste género que os problemas dos estudantes são ouvidos. É com estas iniciativas que os estudantes se unem para impor os seus ideais. Está na altura da comunidade estudantil se impor e de se manifestar para fazer face aos problemas que assolam a comunidade actual.
Os meus parabéns!!!
Ângelo M.

Actividade interessante e apelativa, que se debruça nos problemas existentes. Bem pensada e bem organizada.
Manuel L.

Achei a iniciativa bastante interessante. De certa forma demonstra à comunidade estudantil os problemas que surgem em processos que encaramos.
Anónimo

Gostei bastante da peça e penso que não houve mais participação devido á timidez das pessoas.
Marisa M.

Através da peça de teatro acho que conseguiram reter a atenção dos estudantes para todos os problemas que existem para “obter” o simples direito de estudar.
Joana B.

Achei a peça de teatro bastante interessante e acho que captam bem a atenção das pessoas.
Diana M.

– Projecto inovador
– Uma peça bem executada
– Projecto que incentiva as pessoas a dar voz aos seus problemas
Marta D.

 

3 Respostas to “Comentários sobre o Projecto e as sessões”

  1. Lamego com casa cheia. Sessões continuam no Porto. « Estudantesporemprestimo's Blog Says:

    […] hoje uma nova secção neste blog, onde serão colocados comentários sobre o projecto e sobre as sessões de Estudantes por Empréstimo feitos por […]

  2. saio daqui hoje a pensar: “A R.G.A. afinal aconteceu hoje”. « Estudantesporemprestimo's Blog Says:

    […] das Caldas da Rainha. O nosso blog tem a partir de agora uma nova secção onde serão publicados comentários deixados nas sessões de teatro que vamos fazendo pelo país. Deixamos-te aqui mais […]

  3. “A peça e o projecto estão fantásticos. É muito importante que continuem, para que alguma poeira se levante”. “Que não se reverta apenas em aplausos, mas em mudanças concretas” « Estudantesporemprestimo's Blog Says:

    […] “A peça e o projecto estão fantásticos. É muito importante que continuem, para que alguma poeira se levante”. “Que não se reverta apenas em aplausos, mas em mudanças concretas” By estudantesporemprestimo Aqui voltamos a publicar mais alguns comentários deixados nas últimas sessões realizadas no Porto. São impressões sobre o projecto, críticas, palavras de incentivo, emoções partilhadas. Podes encontrar mais comentários aqui e na respectiva secção. […]

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: